terça-feira, 16 de junho de 2015

FARDO

                                                   
                                                               






É sobre o presente do Clênio.
A data é comercial,coisa e tal...
Mas não dá para deixar passar em branco.
Três e dois mais treze de casamento e lá se vão dezoito!

Na verdade, meu mimo não é tão romântico assim,
Bom,depende inclusive...do ponto de vista, da experiência,
Aqueles com alguma quilometragem a dois  talvez entendam melhor!

Possivelmente venha a ser considerado até presente de grego,
Em algumas situações só serve para enfeitar, a essa altura nem isso!
Em muitas requer uma manutenção danada, investimento mesmo:
físico,emocional e até financeiro.

Não tem garantia de fábrica, não aceitam devoluções.
Muitas vezes pesaaaa, que parece uma cruz!
Mas também sabe ser carregado de uma ternura, de uma verdade, de uma cumplicidade...
Deu até frutos, quem sabe dará mais?

Esse presente é cheio de contradições, mas está sempre buscando se descobrir  e percebendo que tem muitos valores e que talvez valores tão fortes  o fazem se sentir tão frágil.

Apenas se sentir,
porque quem sonha e nutre bons sentimentos sempre ressurge,
mesmo que das cinzas.

Meu presente para você sou eu, inteira e despedaçada,
íntegra e esperançosa num mundo verdadeiramente melhor!
                                                                                                  Em 12/06/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário